12/5/2018 0h0
Aids cresce entre os jovens
E-mail

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids, que aconteceu em 1º de dezembro, apresentou uma grande preocupação: a doença vem crescendo principalmente entre pessoas do sexo masculino, de 15 a 24 anos.
    A médica clínica do Seconci-SP, Dagmar Maia Kistemann , destaca que os avanços no tratamento da Aids, provocada pelo vírus HIV, permitiram que as pessoas infectadas tenham vida normal. Com isso, muitos jovens perderam o medo e relaxaram nos cuidados. Também contribuíram o uso errado ou inadequado do preservativo e o abuso no consumo de bebidas e drogas.
    “Diferentemente do que muitos imaginam, o sexo oral é uma das formas de alto contágio da Aids”, acrescenta a médica. Daí a importância da consciência de que a doença não tem cura e de que relacionar-se com múltiplos parceiros e descuidar do preservativo aumentam exponencialmente as chances de contaminação. 
    A assistente social do Seconci-SP, Rosilene Pereira Bizerra, esclarece que a rede pública de saúde disponibiliza o exame de HIV de forma rápida, discreta e segura, e distribui a medicação gratuitamente. Por isso, se a pessoa crê ter sido exposta ao vírus, é muito importante fazer o teste o mais rápido possível. 
     A assistente social destaca que o Seconci-SP oferece palestras nos canteiros de obras ou escritórios das construtoras e incorporadoras para tirar dúvidas dos trabalhadores e fornecer orientações sobre formas de prevenção à Aids.