11/11/2015 13h28
Alckmin lança programa e elogia o Seconci-SP
E-mail
O governador Geraldo Alckmin lançou em 9 de novembro o programa de oftalmologia “Vale a pena ver”, que terá investimentos de R$ 12 milhões por ano. O lançamento ocorreu no Ambulatório Médico Especializado (AME) Barradas, administrado pelo Seconci-SP, com a presença do presidente da entidade, Sergio Porto. “O Seconci-SP é uma boa parceira da Secretaria da Saúde e o AME Barradas, por seu padrão de excelência, é acreditado pela ONA (Organização Nacional de Acreditação, entidade não-governamental que certifica a qualidade dos serviços de saúde). No Brasil, apenas 17 AMEs conquistaram essa acreditação”, destacou Alckmin. O secretário estadual da Saúde, David Uip, elogiou o atendimento “muito afetivo e receptivo” do pessoal do AME “que tem este perfil de qualidade e competência”. Em sua saudação, Sergio Porto considerou que o programa oftalmológico “será de grande utilidade para a população”. Pelo programa, idosos com mais de 60 anos, que passaram por cirurgia de catarata no SUS desde setembro, receberão gratuitamente óculos com lentes monofocais, podendo escolher entre 30 armações disponíveis. O programa distribuirá inicialmente 10 mil óculos para pacientes da Capital e Região Metropolitana, até chegar a 100 mil para todo o Estado. Além disso, exames confirmatórios do Teste do Olhinho (Teste do Reflexo Vermelho) passarão a ser feitos por 44 dos 52 AMEs. O exame é obrigatório para detecção de problemas oculares em recém-nascidos, como a catarata congênita, evitando-se posteriormente cegueira, por meio de cirurgia corretiva. O programa também prevê 10 mil exames de imagem binocular, 1.500 mapeamentos de retina monocular e outros procedimentos para todas as faixas etárias. Também participaram da solenidade os superintendentes do Seconci-SP, Fernando Costa, e do AME Barradas, Paulo Quintaes.