1/16/2019 0h0
Alimentação saudável também ajuda a se ter boa saúde bucal
E-mail

Uma alimentação equilibrada e saudável contribui para o bom funcionamento do corpo e para a prevenção de uma série de doenças, como as cardiovasculares. O que muitas pessoas não sabem é que a dieta adequada contribui também para a saúde bucal. 
    A dentista do Seconci-SP Ana Maria Ribas explica que os nutrientes presentes nos alimentos são capazes de manter dentes e gengivas saudáveis. Porém, para isso, é fundamental que as pessoas também mantenham uma boa higiene bucal. 
    A especialista destaca que é muito importante ter uma alimentação variada para receber o maior número possível de vitaminas, minerais e fibras. “Além disso, o consumo de água é outro fator fundamental para garantir uma boa saúde bucal, pois equilibra o pH da saliva”, complementa. “Este cuidado é importante principalmente para pessoas que possuem doenças como o diabetes, que altera a produção de saliva”. 
    Para o equilíbrio, de acordo com Ana Maria, é essencial que as pessoas incluam em sua dieta diária alimentos ricos em cálcio, ferro e em vitaminas A, B, C e D. 
    O cálcio pode ser encontrado em peixes, couve manteiga, folhas de beterraba, leite e seus derivados, além de fortalecer os fortes e ajudar na reconstrução do esmalte dental. Já a vitamina A, muito importante para o tecido epitelial que reveste a cavidade bucal, encontra-se em vegetais verdes escuros, como espinafre, rúcula e almeirão. 
    A vitamina B e o ferro, que auxiliam na boa saúde das gengivas, estão presentes em alimentos como feijão, ervilha, lentilha, farelo de trigo e arroz integral. 

Saúde das gengivas
    A dentista reforça que o consumo de alimentos ricos em vitamina C contribuem na formação de colágeno, item fundamental para a saúde das gengivas. “O colágeno faz parte da composição dos ligamentos que sustentam os dentes, além de ajudar na cicatrização de pequenas feridas”, diz. 
    Frutas como goiaba, laranja, kiwi, acerola, caju, morango e alguns vegetais, como pimentão, rúcula, alho, espinafre e agrião, são ricos em vitamina C. Já gema de ovo, peixes e leite e derivados são ricos também em vitamina D, que auxilia na fixação do cálcio. 
    Ana Maria explica ainda que alguns alimentos são considerados detergentes, pois auxiliam na remoção de resíduos de comidas, que ficam aderidos à superfície dos dentes. Maçã, pera, kiwi, melancia, brócolis, acelga, cenoura, pepino e caju são alguns exemplos. A dentista do Seconci-SP ressalta que, além de auxiliar na limpeza, estes alimentos também aumentam a produção de saliva, diminuindo a acidez da boca. 
    “É importante as pessoas terem em mente que a dieta equilibrada não exclui a necessidade de uma higiene regular, com uso do fio dental, e visitas preventivas ao dentista a cada seis meses”, finaliza.