9/14/2016 0h0
Bruxismo
E-mail

Entidade oferece soluções para pacientes com bruxismo

Acordar com os músculos da mandíbula doloridos ou com dor de cabeça pode ser sinal de bruxismo (ou briquismo), que se caracteriza por um forte ranger ou apertar dos dentes. “O bruxismo pode enfraquecer os dentes, desgastá-los e até mesmo soltá-los”, diz Araken Milton Russo Jr., dentista do 
Seconci-SP. 

Segundo o profissional, trata-se de uma condição na qual o indivíduo aperta ou range os dentes, na maioria das vezes inconscientemente, durante o sono ou até mesmo ao longo do dia. “Fatores psicossociais, como estresse e ansiedade, distúrbios do sono, uso crônico de drogas, álcool, desarmonias oclusais (dentes ausentes, mal posicionados ou inclinados) são as principais causas do bruxismo, que atinge pessoas de qualquer faixa etária”, explica Araken. 

O dentista recomenda tratamento multidisciplinar, que envolve vários profissionais como psicólogo, psiquiatra, fonoaudiólogo e ortodontista, para saber a origem das situações que afligem o paciente. 
A terapia medicamentosa também é utilizada na fase aguda (quando há dor). Nestes casos, afirma o dentista, são prescritos relaxantes musculares, analgésicos, anti-
inflamatórios e o uso do laser.

Os pacientes devem usar ainda a placa de mordida, para diminuir a hiperatividade da musculatura facial. A placa é um aparelho feito sob medida, em acrílico, e colocado entre as arcadas dentárias inferior e superior para evitar desgaste dental. O tratamento é oferecido integralmente pelo Seconci-SP aos trabalhadores da construção civil e seus familiares.

Outra recomendação é fazer exercício físico todos os dias e ter uma vida ativa, pois isso leva a uma maior qualidade do sono profundo. “Não há um tratamento padrão para o bruxismo, cada paciente deve ser avaliado individualmente para o correto encaminhamento e visitar o dentista constantemente, para evitar danos aos dentes”, orienta Araken.