7/29/2020 0h0
Desafios da NR 18
E-mail

Ishikawa aponta desafios da nova NR 18

    “O grande desafio para a aplicação da nova Norma Regulamentadora (NR) 18 – Saúde e Segurança do Trabalho na Construção é ser conhecida por 97% das empresas do setor, que são de pequeno porte.” A afirmação foi feita por Haruo Ishikawa, presidente do Seconci-SP, ao participar em 24 de julho da videoconferência de lançamento da Canpat 2020 – Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes na Indústria da Construção, assistida por cerca de 600 pessoas em todo o país.
    Segundo Ishikawa, outro desafio será repassar as exigências da NR 18 para quem ainda se encontra na informalidade. “Todos devem ler a norma, inclusive o glossário, conhecer os novos termos.” Ele historiou a discussão tripartite que resultou no “consenso de 100% dos itens da nova norma, sob os princípios de simplificação, desburocratização e harmonização com as demais NRs”.
No evento, Romulo Machado e Silva, subsecretário de Inspeção do Trabalho (SIT) da Secretaria Especial de Trabalho, informou que em agosto se iniciará o treinamento dos auditores fiscais sobre a nova NR 18. Ele confirmou que a entrada em vigor da nova norma possivelmente será adiada para março.
    O evento, mediado por Fernando Guedes Ferreira, presidente da CPRT/CBIC, contou com a participação de Paulo Mol, diretor do Sesi, e de Robinson Leme, representante dos trabalhadores na comissão que negociou a nova NR 18.
    Acesse as apresentações 
clicando aqui.

Responsabilidade
    Ishikawa também relatou o processo de revisão da norma na videoconferência realizada pelo Seconci Brasil em 27 de julho, Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. “A NR 18, que contou com as contribuições de Sinduscons e Seconcis de todo o país, ficou excepcional, muito segura, está aberta a novas tecnologias e deu grande responsabilidade aos empresários e profissionais de segurança. Sem responsabilidade, não há segurança”, reforçou.
    Abrindo o evento, Antonio Carlos Salgueiro de Araujo, presidente do Seconci Brasil e conselheiro do Seconci-SP, explanou a atuação da entidade que congrega 15 Seconcis de todo o país, atendendo mais de 8 mil empresas e beneficiando mais de 360 mil trabalhadores.
    Na sequência, Andreia Kaucher Darmstadter, supervisora de Segurança do Seconci-MG, palestrou sobre as principais mudanças nas NRs. O evento foi mediado por Denise Noleto, gerente executiva do Seconci Brasil.

Apresentações, clique aqui