12/7/2017 0h0
Lançada campanha de prevenção de acidentes
E-mail

O   vice-presidente   do   Secon       ci-SP, Haruo Ishikawa, participou em 23/11, em Ribeirão Preto, do seminário de lançamento para a região Sudeste da Campanha Nacional de Prevenção de Acidentes na Indústria da Construção Civil (Canpat). “Ribeirão é uma região dinâmica e ativa, com uma importante estrutura e merece receber o lançamento desta campanha”, afirmou.
    Ishikawa reforçou a importância do planejamento, da capacitação e da qualificação dos trabalhadores. “Esse trabalho desenvolvido pela CBIC, com o Sesi, o Senai e os Seconcis, em prol dos trabalhadores, ajuda no desenvolvimento do país”, disse.
    O gerente da Região Oeste do Seconci-SP, Agnaldo Silva, apresentou as ações da entidade. “Enviamos o atendimento até o canteiro de obra. Não poupamos esforços na conscientização, prevenção, saúde e segurança dos trabalhadores”, disse. O superintendente geral do Seconci-SP, Fernando Costa, e a gerente de Relacionamento com o Mercado, Flávia Coelho, também participaram.
    O  secretário municipal de Obras, Pedro Luiz Pegoraro, destacou que “Ribeirão passará em 2018 por um grande impulso na construção civil, daí a importância da Saúde e Segurança do Trabalho”. Na mesma linha, manifestaram-se o representante do Departamento de Segurança e Saúde do Ministério de Trabalho, José Almeida, e o presidente da Comissão de Política de Relações Trabalhistas da CBIC, Fernando Guedes.
    O advogado Renato Romano, do Conselho Jurídico do SindusCon-SP, enfatizou que “as convenções coletivas, entre sindicatos patronais e de trabalhadores, continuarão a ter importância fundamental, e os acordos, entre empresa e sindicato trabalhista, devem abordar apenas questões pontuais”. Já a gerente executiva de Relações de Trabalho da CNI, Sílvia Souza, disse que “a nova lei é um marco nas relações de trabalho e a negociação deve ser sua espinha dorsal”.
    Seconci-SP e SindusCon-SP realizaram o evento com o Sesi e promoção do Ministério do Trabalho e da CBIC. A AEAARP (Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto) sediou o seminário.