8/23/2016 0h0
Prejuízo do NTEP
E-mail

Presidente do Seconci-SP mostra prejuízo do NTEP

Em artigo publicado na coluna da Fiabci-Brasil na edição de 23/8 do jornal O Estado de S. Paulo, o presidente do Seconci-SP, Sergio Porto, revela o prejuízo causado à indústria da construção pelo INSS, por este órgão classificar equivocadamente 508 das 1508 doenças ocupacionais como sendo ligadas ao setor, o que eleva o valor do seguro de acidentes do trabalho.

Porto preconiza a correção da metodologia do NTEP (Nexo Técnico Epidemiológico Previdenciário) que origina essa distorção. Recomenda às empresas uma gestão do NTEP e do FAP (Fator Acidentário Previdenciário). E defende investimentos em ambientes de trabalho seguros e saudáveis.

O artigo foi produzido com base em estudo feito pelo Iepac do Seconci-SP sobre o NTEP, a pedido da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

Clique aqui para ler o artigo