11/16/2016 0h0
Previna-se!
E-mail

Prevenir diabetes é melhor que remediar

O Dia Mundial do Diabetes, em 14 de novembro, registrou um dado preocupante: 422 milhões de adultos no mundo têm esta doença crônica, pela qual a diminuição ou a não produção de insulina pelo pâncreas impossibilita a pessoa de utilizar a glicose como fonte de energia.

A dra. Monica Reis, endocrinologista do Seconci-SP, alerta para a importância de exames para prevenir as complicações da doença, como cegueira e diálise. “Exame de fundo de olho, urina, taxa de glicemia, exame dos pés e avaliação cardiológica devem ser realizados anualmente”, diz.

Uma das principais dificuldades em identificar a doença é a ausência de sintomas no início, como é o caso do tipo 2 de diabetes, o mais comum. “Pessoas com histórico familiar da doença, obesidade e sedentarismo devem ficar mais atentas, pois estes são os principais fatores de risco”, afirma. A médica ressalta a importância do controle desde o início. “O diagnóstico precoce é o primeiro passo para o sucesso do tratamento. Prevenir reduz as chances de complicações”. 

Segundo a dra. Monica, a prática de exercícios físico é fundamental. “Diabetes pode ser evitado com estilo de vida saudável e a atividade irá ajudar no controle do nível de açúcar no sangue.” Uma alimentação equilibrada, em conjunto com a atividade física e o uso correto dos medicamentos e da insulina 
quando necessária, faz parte do tratamento.