10/6/2020 0h0
Saúde bucal evita absenteísmo e presenteísmo no trabalho
E-mail

Saúde bucal evita absenteísmo e presenteísmo no trabalho
Problemas bucais podem prejudicar a produtividade do colaborador da empresa, levando ao absenteísmo ou ao presenteísmo, que ocorre quando o funcionário vem trabalhar, porém o desconforto diminui seu desempenho. É o que observa o dr. José Paulo da Silva Filho, cirurgião dentista do Seconci-SP.
    “Uma simples cárie pode levar a uma morbidade que justifique o absenteísmo. A cárie pode ocasionar inflamações no nervo do dente ou da gengiva, ou um abcesso periodontal com dor lancinante. Mesmo que o trabalhador esteja presente no trabalho, não consegue executar suas funções a contento, condição conhecida como presenteísmo. As fortes dores tiram sua capacidade de concentração e energia. Imagine esse colaborador operando uma escavadeira ou trabalhando sobre um balancim”, explica o dr. Silva.
    “No canteiro de obras, é fundamental orientar o trabalhador a realizar a higiene bucal com mais cuidado ao menos uma vez durante a jornada de trabalho; deve ser motivado a evitar açúcar, cigarro e álcool, e procurar um dentista assim que sentir algum desconforto. O Seconci-SP oferece, nas obras, palestras e atendimento por meio de suas Unidades Móveis Odontológicas”, diz o dr. Silva.
    Segundo o cirurgião dentista, é imprescindível a presença desse profissional atuando nas empresas em campanhas de educação para a saúde bucal, bem como na prevenção de doenças bucais, como o câncer de lábio devido à exposição à luz solar, e o câncer de boca relacionado a cigarro e bebidas alcóolicas.
    “O trabalhador sadio reduz os índices de absenteísmo, gera menos custos à empresa, evita custos com a contratação e treinamento de novos funcionários, e colabora para uma imagem positiva da corporação. Uma empresa que se preocupa com a saúde do colaborador traz mais tranquilidade aos empregados, comprometimento e admiração pela organização.”
Ações pró-ativas
    A empresa pode encaminhar o trabalhador ao Seconci-SP, para restaurações e tratamento de canal, evitando ao máximo extrações de dentes. A entidade também dispõe de próteses móveis, para restaurar a mastigação dos pacientes.
    “A empresa também pode distribuir escovas e pastas de dente, disponibilizar fio dental e enxaguatórios, e lembrar constantemente, por meio de palestras e na comunicação interna,