8/7/2014 0h0
Seconci-SP racionaliza uso de água e economiza recursos
E-mail

Uma série de medidas de racionalização do uso da água adotadas nos primeiros cinco meses deste ano permitiram à Unidade Central do Seconci-SP uma redução de consumo que chegou a 45% da média dos últimos dois anos, possibilitando economia de 546 mil litros mensais. Projetado, isso representa 6,5 milhões de litros por ano, o que reduzirá o gasto anual da conta de água em R$ 187,1 mil.

Os dados foram apresentados pelo gerente de Manutenção, Wincler Callegari, em reunião promovida pela Cipa (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) comemorativa do Dia Mundial do Meio Ambiente. O encontro, em 5 de junho, foi coordenado pela presidente da Cipa e gerente de Atendimento, Daniele Volpato.

A racionalização do uso de água foi possível graças à eliminação de vazamentos, instalação de redutores de vazão, válvulas de descarga mais econômicas e outras providências. Um monitoramento eletrônico será adotado, permitindo, entre outras ações, medidas imediatas para assegurar o nível necessário de água diário para a operação da sede da entidade.

Reciclagem - Ainda no encontro, a supervisora de Higienização, Laudilina Teixeira, apresentou um balanço da coleta e destinação dos resíduos. Ela mostrou a importância da coleta seletiva e da reciclagem para o Seconci-SP e o meio ambiente, e reforçou a necessidade de os funcionários segregarem os resíduos recicláveis.

Em maio, foram gerados na Unidade Central do Seconci-SP 1.846,3 quilos de resíduos comuns, dos quais 121,8 quilos foram encaminhados para a reciclagem.