11/27/2017 0h0
Segurança nas obras
E-mail

A primeira reunião do grupo de trabalho de empresas da construção civil para discutir a segurança no setor ocorreu no dia 22 de novembro, no Seconci-SP. Representantes das  empresas Bueno Netto, Cyrela, Engeform, Even, Eztec, Gafisa, MPD, MRV, PPP Habitacional, REM e Tejofran participaram desse encontro e são as primeiras a se engajar nesse projeto, que tem como objetivo difundir a cultura de segurança do trabalho e conhecer sua relação com a produtividade do setor da construção civil.
    Flávia Coelho, gerente de Relacionamento com o Mercado do Seconci-SP, explica que se trata de uma iniciativa pioneira no Brasil, que está sob a coordenação da entidade e tem como proposta padronizar os indicadores de Segurança do Trabalho, conhecer os custos gerados por acidentes e o percentual de investimento feito pelas construtoras nessa área em relação ao custo da obra. 
    “A Segurança do Trabalho deve ser pensada em conjunto com os projetos da obra, porém muitas vezes ainda é vista como custo e um empecilho para a parte civil. Faltam estatísticas  confiáveis e padronizadas e isso tudo gera desconhecimento de como as medidas de segurança podem contribuir para a melhoria da produtividade do setor”, destaca Flávia.
    A previsão é de que as diversas etapas do projeto devem levar um ano para serem concluídas. A próxima reunião está agendada para o dia 17 de janeiro de 2018 e as empresas que tiverem interesse em aderir a esse projeto podem entrar em contato com o setor de Relações Empresariais.