4/6/2014 0h0
Terni Engenharia retoma parceria com o SECONCI-SP
E-mail

Em 2011, a Terni optou por oferecer plano de saúde a seus funcionários, mas a experiência não foi satisfatória e eles decidiram voltar a contribuir ao SECONCI-SP

 

Maura Camargo, gerente de Recursos Humanos da Terni Engenharia

Maura Camargo, gerente de Recursos Humanos da Terni Engenharia

Fundada há 24 anos, a Terni Engenharia presta serviços de instalações elétricas e hidráulicas, com forte atuação no segmento de obras residenciais, tendo como clientes grandes construtoras, como a Eztec, Fortenge, Gafisa, Kallas, Rossi, Schahin, Tecnisa, Toledo Ferrari, entre muitas outras.

Nesse período, a empresa executou projetos em 390 prédios residenciais, 19 mil apartamentos, incluindo ainda obras de outros segmentos, com destaque para o Hospital Santa Joana e a reforma do Aeroporto de Manaus, que deve ser concluída este ano.

Maura Camargo, gerente de Recursos Humanos da Terni Engenharia, comenta que, em 2001, quando ela entrou na empresa, a Terni tinha 200 funcionários. De lá para cá, houve um crescimento significativo, em especial nos dois últimos anos, e hoje esse número oscila entre 1.100 e 1.300 funcionários, dependendo do andamento das obras.

SECONCI Notícias: Como você avalia o trabalho do SECONCI-SP?

Maura: O SECONCI-SP sempre nos atendeu muito bem. Porém, em 2011, motivados pelo aquecimento do mercado, decidimos oferecer um diferencial para os nossos funcionários, visando reter a mão de obra. Eis que surgiu a ideia de nos associarmos a um plano de saúde. Mas essa experiência não surtiu o efeito esperado, porque os funcionários começaram a comparar o atendimento e o do SECONCI-SP mostrou ser melhor.

SECONCI Notícias: Quais as vantagens do SECONCI-SP em relação ao plano de saúde?

Maura: Uma das principais facilidades é a concentração de todos os serviços em um único endereço. Nossos funcionários podem passar em consulta, em mais de uma especialidade, fazer exames, enfim, tudo em um único local, sem precisar se deslocar para várias unidades. Outra vantagem é que nunca tivemos problema para agendar consultas e exames e, é claro, o atendimento odontológico, que é um serviço importante e muito procurado e que o plano de saúde não oferecia.

SECONCI Notícias: Com isso, a Terni decidiu retomar a parceria com o SECONCI-SP? 

Maura: Exato, avaliamos a proposta e vimos que o que retém a mão de obra é a segurança que a empresa passa para os funcionários, pagando os salários em dia e respeitando os seus direitos. Vemos isso muito claramente, aqui na Terni, pois as pessoas gostam de trabalhar na empresa, tanto que temos muitos funcionários antigos.

Quanto ao atendimento à saúde dos nossos funcionários e seus familiares, concluímos que o melhor a fazer era voltarmos a contribuir para o SECONCI-SP, com início agora, no mês de agosto. Acredito que essa volta será tranquila, principalmente porque atende a vontade dos nossos funcionários.