4/2/2019 0h0
Trabalhos de hospitais
E-mail

Trabalhos de hospitais administrados pelo Seconci-SP conquistam prêmios

Os Hospitais de Itapecerica da Serra (HGIS), Cotia (HRC) e Vila Alpina (Heva), administrados pelo Seconci-SP, apresentaram trabalhos sobre diversos aspectos de qualidade e segurança no atendimento aos pacientes, no Congresso Internacional de Qualidade em Serviços e Sistemas de Saúde (QualiHosp), realizado em 20 e 21 de março, em São Paulo.

O tema deste ano foi To err is human (Errar é humano): 20 Anos em Ação, com o objetivo de discutir o que aconteceu nos últimos 20 anos internacionalmente e no Brasil, e como está sendo desenhado o futuro para a qualidade e a segurança do paciente.

Atuação do HGIS

A gerente de Qualidade e Segurança do HGIS, Lisiane Valdez Gaspary, em sessão de comunicação coordenada, apresentou o trabalho “Utilização das Metas Internacionais de Segurança do Paciente”, que rendeu uma premiação em segundo lugar no eixo temático Gestão em Saúde.

O hospital ainda apresentou dez pôsteres dos trabalhos aprovados no Call For Pappers:

• Impacto das melhorias de processo da sala de curativos do ambulatório médico de especialidades de um hospital público. Autores: Vanderleia Arruda Torres e Yoshifumi Tsudaka

• Construção de um modelo de avaliação de desempenho anual de gestor médico. Autores: Lucy Nagm e Najara Maria Procópio Andrade

• Processo de melhoria na sistemática de avaliações internas de um hospital público da grande São Paulo. Autores: Lisiane Valdez Gaspary, Gisele de Oliveira Morgado e Adriana Pires dos Santos.

• Implantação do protocolo de desmame ventilatório em uma unidade de terapia intensiva adulto de um hospital público geral da grande São Paulo. Autores: Elisangela de Sousa Martins e Marina Gaiani Giuliano Mizohata.

• Cultura de reporte e sistema de notificação de incidentes de um hospital geral público da grande São Paulo. Autores: Lisiane Valdez Gaspary, Gisele de Oliveira Morgado e Adriana Pires dos Santos.

• Delineamento de plano de carreira, cargos e salários na enfermagem em um hospital público na grande São Paulo. Autores: Fernanda Dei Svaldi Pamplona e Fabiana Fontes Guirra Palhares.

• Avaliação de desempenho anual do corpo clínico: experiência de um hospital público. Autores: Lucy Nagm e Najara Maria Procópio Andrade.

• Monitoramento da cultura de segurança pela aplicação da pesquisa sobre segurança do paciente em hospitais (HSOPSC). Lisiane Valdez Gaspary, Adriana Pires dos Santos e Gisele de Oliveira Morgado.

• Sustentabilidade como valor institucional. Autores: Lisiane Valdez Gaspary, Rinaldo de Moraes Rodrigues, Vanessa Dias da Silva e Fernanda Dei Svaldi Pamplona.

• Comunicação na saúde: um estudo sobre a atuação da comunicação como uma ferramenta estratégica no processo de disseminação da cultura de segurança em um hospital público da grande São Paulo. Autores: Anne Elise Oliveira Candal, Karina Nascimento Ribeiro e Vanessa Dias da Silva.

Participação do HRC

O HRC participou do Qualihosp por meio da exposição de doze pôsteres e duas apresentações coordenadas.

O trabalho apresentado “Sala Sensorial como Estratégia de Educação na Saúde” recebeu menção honrosa na categoria Educação em Saúde, e a apresentação “Melhorias de Processos com Foco na Redução de Infecção de Sítio Cirúrgico em Artroplastias em um Hospital Público Secundário” conquistou o 2º lugar na categoria Avaliação e Qualidade do Cuidado.

“Contribuir com a construção do conhecimento é algo muito mágico no setor da saúde, eventos como este nos permite ensinar e aprender em prol de um valor em comum que é a construção de um SUS de qualidade”, comentou a dra. Mariana Bataline, coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar.

“Estou muito feliz com o resultado desse congresso, nos mostrou que estamos trilhando o caminho certo para cada dia mais oferecer uma assistência segura e de qualidade para nossos pacientes”, disse Vivian Prudêncio Andrade, gerente de Enfermagem.

Apresentação do Heva

O Heva participou com apresentação oral sobre “Infecção da Corrente Sanguínea em Unidade de Terapia Intensiva: Um Desafio Constante”, sob coordenação da dra. Regia Damous, coordenadora do Serviço de Controle de Infecção Hospitalar.

O trabalho, que avaliou as medidas implementadas para prevenir a infecção, foi desenvolvido por dra. Regia, dra. Juliana Salles de Carvalho, dra. Renata Polo Romi e enfermeiras Jeniffer da Cruz Rios Lima e Luana Bolina Furuhashi. A equipe concluiu que a redução de infecção sanguínea é um desafio constante e depende de implantação de medidas de prevenção, além da vigilância da adesão das mesmas diariamente na UTI Adulto, com envolvimento de todos: alta e média liderança, e principalmente da equipe assistencial direta.

O Qualihosp, que contou com organizações de saúde públicas e privadas, promoveu ampla troca de experiências entre os participantes e palestrantes para incentivar a melhoria da qualidade, da segurança e da gestão, tendo sempre presente a questão da inovação.