9/30/2020 0h0
Vacinação contra Covid-19
E-mail

Assim que estiverem disponíveis, as vacinas contra a Covid-19 serão essenciais e os trabalhadores da saúde devem ser convencidos a se vacinarem e manterem suas outras vacinações atualizadas, para preservar a vida deles e de seus familiares.
    Esta foi uma das mensagens transmitidas pelo infectologista Sérgio Nishioka, no evento realizado pelo Seconci-SP em comemoração ao Dia Mundial da Segurança do Paciente, em 17 de setembro.
    O infectologista estimou que o processo de vacinação será gradual. Com isso, o novo coronavírus continuará se disseminando, embora infectando cada vez menos pessoas. Daí a necessidade de se manterem as medidas de prevenção à Covid-19 por mais algum tempo.
    Mediando a palestra, a dra. Adélia Marçal dos Santos destacou a importância de o trabalhador da saúde se vacinar como forma de também proteger os pacientes.

Em outra live do evento, as psicólogas Jéssica Gueiros Taglieri, Renata Tavolaro e Elisângela Tolosa defenderam que os gestores escutem, acolham e, se necessário, encaminhem para um processo terapêutico os subordinados que apresentem sintomas como ansiedade, estresse e depressão.
    Elas chamaram a atenção para a importância da preservação da saúde mental, elencando as ações adotadas pelo Seconci-SP e seus parceiros OrienteMe e Instituto Horas da Vida. “Quem cuida de si cuida com cuidado do outro”, afirmou Jéssica, coordenadora de RH do Seconci-SP.
    As psicólogas destacaram ser preciso disseminar a informação de que a terapia contribui para o conhecimento de si, ajudando a pessoa a lidar melhor com as emoções. Também mostraram a importância, especialmente na pandemia, de se fazer o que se gosta, como ginástica, caminhadas, meditação, exercícios de respiração etc..