11/8/2018 0h0
Vencedores
Confira as empresas vencedoras do 5º prêmio Seconci-SP
E-mail

A seguir, as obras premiadas:

CATEGORIA: GERENCIAMENTO AMBIENTAL DO ENTORNO DA OBRA
São Paulo e Região Metropolitana

Even – E Vila Madalena | E Side (São Paulo)
A Even buscou transformar o entorno da obra “E Vila Madalena”, engajando o bairro em práticas de sustentabilidade. Implementou o Programa “Ação Vizinho”, que consiste na coleta seletiva dos resíduos recicláveis gerados pelos moradores da vizinhança, e adotou o protocolo de comunicar com antecedência as ações que eventualmente impactariam a vida na região. Assim, contribuiu para que, mesmo após a entrega da obra, o entorno pudesse se tornar mais consciente sobre questões socioambientais.

Além disso, a empresa implantou projetos de logística reversa para potencializar a reciclagem e diminuir o material destinado a aterro sanitário; adotou medidas para redução do consumo de água e energia; e implementou rotinas do SESMT (Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho) para cumprimento dos processos de Saúde e Segurança do Trabalho, e promoção da qualidade de vida dos colaboradores. Todos estes controles foram atrelados à conquista da Certificação AQUA (Alta Qualidade Ambiental).

Barretos, Franca e Ribeirão Preto

Construtora Pacaembu – Residencial Vida Nova Ribeirão (Ribeirão Preto)
O projeto do Residencial Vida Nova Ribeirão, para a construção de 6.991 casas em um bairro planejado, demandava a remoção de grande número de árvores. Um equipamento específico foi utilizado para a retirada dos exemplares e seu replantio em local apropriado. Mapeou-se a existência de animais e pássaros para sua remoção antecipada e realocação em local previamente definido. Controles relacionados a processos de erosão e assoreamento sofreram adequações e monitoramento constante. A Construtora Pacaembu se preocupou em não contaminar os cursos d’água e monitorou máquinas, equipamentos e poeira gerada pelo empreendimento, para manter-se abaixo dos limites exigidos. Com isso, o empreendimento foi implementado com o menor impacto ambiental possível.

Araçatuba, Bauru, Marília, Presidente Prudente e São José do Rio Preto

MRV Engenharia – Parque Rio Fortore (São José do Rio Preto)       
Localizado no município de São José do Rio Preto, o canteiro de obras do empreendimento Parque Rio Fortore, da MRV Engenharia, geriu recursos ambientais e reduziu desperdícios seguindo rigorosamente a norma ISO 14001. O plantio de mais de cinco mil mudas de espécies nativas; a urbanização de ruas e avenidas no entorno do empreendimento; o uso de madeira de reflorestamento; o aproveitamento de água da chuva; a redução no consumo de energia e a segregação de resíduos, doando-se os recicláveis, fizeram do canteiro de obras um exemplo de gestão de sustentabilidade.

Registro e Santos

Trisul – Vivamar (Santos)               
Na implantação do empreendimento Vivamar Bem-te-vi, em Santos, a Trisul adotou ações para integrar a obra junto à comunidade. Implantou um canal de comunicação com os moradores; alterou os processos construtivos para minimizar os impactos na vizinhança, substituindo o bate-estacas por cravação vibracional; realizou inspeção prévia na circunvizinhança com o intuito de mapear irregularidades existentes nas edificações; instalou iluminação de baixo consumo por luminárias de led; e captou águas pluviais para utilização no lava-bicas e no lava-roda dos veículos. Além de segregar resíduos para reaproveitá-los em parte no empreendimento.

CATEGORIA: CONTROLE DE PERIGOS E RISCOS NO CANTEIRO
São Paulo e Região Metropolitana

Even – Condomínio Monumento SP (São Paulo)            
Desde a fase de concepção do empreendimento Monumento São Paulo, na capital, a Even implementou um modelo estrutural para gestão de serviços, máquinas e equipamentos, com a integração entre tecnologias, pessoas e processos, objetivando eliminar os desvios no canteiro. O trabalho foi fundamentado na ISO 45001 e, consequentemente, no ciclo de melhoria contínua do PDCA – planejando, considerando as necessidades dos trabalhadores e partes interessadas, implantando a operação, verificando todos os processos, sob análise crítica da direção.

Planos de trabalho foram rigorosamente respeitados, assim como aplicação de padrões operacionais, processos de auditoria, vistoria e liberação prévia de equipamentos, treinamento e capacitação de trabalhadores, além de campanhas de conscientização, resultando em um ambiente seguro e controlado.

Araçatuba, Bauru, Marília, Presidente Prudente e São José do Rio Preto

Construtora Pacaembu – Vida Nova Maracá III (Marília)          
O canteiro Vila Nova Maracá III, da Construtora Pacaembu, seguiu um padrão rígido de cumprimento dos procedimentos operacionais para cada micro etapa da obra. A empresa promoveu um alto nível de padronização e uniformidade de cada construção, treinou colaboradores e buscou a integração com suas famílias. Os riscos foram devidamente identificados e mapeados, com sinalização e comunicação adequada. Todos os planejamentos foram feitos colocando a integridade física dos colaboradores em primeiro lugar.

Itapeva e Sorocaba

MRV Engenharia – Parque Serra do Horto (Sorocaba)              
No canteiro do empreendimento Serra do Horto, da MRV Engenharia, em Sorocaba, a gestão de saúde e segurança do trabalhador foi feita através de procedimentos operacionais bem definidos e aplicados com excelência pelo time de Saúde, Segurança e Meio Ambiente. A equipe disseminou os procedimentos de forma intensa junto aos colaboradores da obra; realizou o controle de registros de documentos, visando cumprir os requisitos legais aplicáveis; e adotou uma sistemática de inspeções com pontuação que geram Indicadores de Monitoramento de Segurança, Saúde e Meio Ambiente, permitindo a avaliação de seu desempenho pela direção da empresa.

Campinas

Tegra Incorporadora – Uniqueness (Campinas)   
A empresa reestruturou todo o seu Sistema de Gestão de Segurança com o objetivo de eliminar e controlar os riscos das atividades nos canteiros. Na obra Uniqueness, em Campinas, capacitou toda equipe de engenharia e de campo em gestão de segurança do trabalho; e definiu metas individuais para realização das ferramentas PDST, OTS e IGS, garantindo o planejamento e execução das atividades de médio e alto risco de maneira segura. Também implementou a cultura de que todos os colaboradores devem ser responsáveis pela segurança e não apenas os especialistas da área; forneceu recursos para utilização de soluções efetivas na prevenção de acidentes, como proteções coletivas padronizadas; e utilizou o BIM (Modelagem da Informação na Construção) na segurança e identificação dos riscos das atividades, ainda na fase de planejamento. Com essas ações, alcançou o expressivo resultado de zero incidentes de alto risco.

São José dos Campos, Vale do Paraíba e Litoral Norte

MRV Engenharia – Spazio Campos Gerais (São José dos Campos)                    
No canteiro da Spazio Campos Gerais, em São José dos Campos, a MRV Engenharia criou caminhos seguros para pedestres e veículos, e uma área restrita para o recebimento dos materiais e remoção das caçambas de resíduos. Inseriu redes de proteção em todos os vãos que propiciavam uma possível queda; protegeu os poços de elevadores com estruturas rígidas que impedem quedas e são chumbadas no momento da concretagem das lajes; e implementou acessos que facilitam e minimizam o esforço para lançamento de resíduos nas caçambas coletoras. Providenciou ainda uma área para betoneira, com adequação para lançamento do cimento com o menor esforço, e providenciou um plano de limpeza e organização do canteiro, minimizando riscos e proporcionando um ambiente mais saudável e seguro.

Araraquara

MRV Engenharia – Parque Arthoria (Araraquara)                      
Certificada na OSHAS 18001, Sistema de Gestão de Saúde e Segurança do Trabalho, a MRV Engenharia treinou todos os colaboradores no canteiro do empreendimento Parque Arthoria. A construtora adotou caminhos seguros, com ampla sinalização de advertência e buscou alta interação entre as áreas produtivas e de segurança do trabalho. Também implantou uma sistemática adequada para inspeção nas condições gerais dos alojamentos e um controle documental e revisional, que garantiu aos trabalhadores a versão correta e adequada de cada procedimento.

CATEGORIA: CONTROLE DE SAÚDE NO CANTEIRO
São Paulo e Região Metropolitana

MPD Engenharia - Hospital de Urgência de São Bernardo do Campo (São Bernardo do Campo)
Para a obra do Hospital de Urgência de São Bernardo do Campo, a MPD Engenharia implementou um ambulatório com uma técnica de enfermagem para acompanhamento dos Atestados de Saúde Ocupacional, carteiras de vacina, aferição de pressão arterial, palestras semanais de saúde e ginástica laboral. Também criou o Cartão Saúde MPD (individual), em que é feito controle de glicemia, cálculo do Índice de Massa Corpórea e Campanha Medida Certa.

A empresa promoveu campanhas de vacinação contra febre amarela e gripe, com o apoio do Cerest - Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de São Bernardo do Campo; antitabagista, com levantamento de fumantes e candidatos a largarem o cigarro; programas de controle da saúde dos colaboradores através do PCA (Programa de Controle Auditivo), PPR (Programa de Prevenção Respiratória), AET (Análise Ergonômica do Trabalho) e PCMSO (Programa de Controle Medido da Saúde Ocupacional). Com presença e atuação do médico coordenador do Trabalho, a empresa proporciona qualidade de vida ao colaborador, fornecendo e acompanhando a alimentação, bebedouros, vestiários e alojamentos.

Racional Engenharia – R588 (São Bernardo do Campo)
“Saúde no Canteiro” é parte integrante do modelo de gestão da Racional Engenharia. Através de processos sistemáticos, são realizadas diversas iniciativas no canteiro R588: instruções das atividades de Medicina do Trabalho, desde a análise e controle de documentações de saúde das empresas contratadas, até a gestão de saúde dos trabalhadores, identificando suas necessidades (consulta, exames, vacinação, controle de pressão arterial, mapeamento de hipertensos, obesos e diabéticos); campanhas e Semana da Saúde, DSS-Diálogo Semanal de Saúde e Treinamento de Atendimento Pré-Hospitalar.

São feitos também o controle de alimentação, com auditoria externa no fornecedor, o transporte, checklist semanal no refeitório da obra e avaliação de satisfação dos trabalhadores; Programa Concierge Médico presencial e Sistema de Vídeo Atendimento; análise do índice de absenteísmo; controle de sinistralidade; acompanhamento das liberações de procedimentos médicos de alta complexidade junto aos convênios; divulgação de benefícios de saúde aos colaboradores (desconto farmácia, campanhas do Seconci-SP), além de avaliação e acompanhamento das condições de alojamento, atingindo a média de 9,97 na Auditoria Externa de Saúde Ocupacional.

Barretos, Franca e Ribeirão Preto

MRV Engenharia – Palácio Imperial (Ribeirão Preto)     
Sabendo da importância que cada funcionário tem para a empresa, a MRV Engenharia realiza o Controle da Saúde Ocupacional de todos os colaboradores. As boas práticas da empresa neste segmento levaram o Prêmio Seconci-SP à obra Palácio Imperial, em Ribeirão Preto. Dentre elas, destacam-se: realizações de todos os exames médicos ocupacionais necessários à contratação e à manutenção da saúde do trabalhador no ambiente de trabalho, com enfermeira em período integral, médico atendendo duas vezes por semana, campanhas de saúde e qualidade de vida, vacinação, áreas de vivência bem estruturadas, palestras sobre prevenção de doenças e drogas, controle da saúde bucal em parceria com o Seconci-SP e escola de alfabetização e qualificação.

Araçatuba, Bauru, Marília, Presidente Prudente e São José do Rio Preto

Construtora Pacaembu – Vida Nova Dignidade (São José do Rio Preto)                     
A Obra Vida Nova Dignidade, da Construtora Pacaembu, tem como prioridade a saúde e o bem-estar dos seus colaboradores, desenvolvendo o controle de Saúde Ocupacional com alto padrão, através de uma equipe amplamente capacitada. Visitas prévias aos hospitais e ao Corpo de Bombeiros são feitas, explicando o início das obras e alinhando possíveis casos emergenciais. Com isso, há uma aproximação entre a iniciativa privada e o poder público. Para esta mesma finalidade, a empresa realiza campanhas, palestras e ações voltadas à saúde, com total apoio de órgãos municipais, escolas e entidades, e promove treinamento de integração com a particularização de técnicas de primeiros socorros. Mantém também um canteiro de obras com condições excelentes de alojar os colaboradores, atendendo 100% das necessidades, de forma a garantir o bom ambiente de descanso. Desta forma, a obra retrata os conceitos de que a proteção à vida está acima de tudo e de qualquer resultado, e que todos os planejamentos devem ser feitos colocando a integridade física dos colaboradores em primeiro lugar.

Itapeva e Sorocaba

Construtora Planeta – Vancouver Homes (Sorocaba)    
A Construtora Planeta busca conscientizar os colaboradores e prestadores de serviço quanto à importância dos cuidados com a saúde por meio da realização de palestras com temas variados. Ao identificar colaboradores com problemas de saúde, encaminha-os ao Seconci-SP para consulta médica e acompanhamento. A Planeta se preocupa também com o bem-estar dos familiares de seus colaboradores e prestadores de serviço, dedicando a eles um dia especial para os cuidados com a saúde, em seus canteiros de obras. Na ocasião, são realizadas palestras sobre saúde em geral, vacinação, acompanhamento de saúde bucal de adultos e crianças através de unidade móvel odontológica e distribuição de kits de higiene bucal, testes de glicemia e colesterol. Após os exames, todos desfrutam de um café da manhã no local. Há também a preocupação com a parte recreativa, com organização de corrida dos colaboradores e campeonato de futebol, ambos com premiações.

Araras

Infratécnica Engenharia e Construções – Residencial Jardim Apolo (Araras)              
A Infratécnica Engenharia e Construções possui e mantém práticas exemplares de manutenção da saúde dos trabalhadores, investindo sistematicamente em Saúde Ocupacional. Para isso, adquiriu vários equipamentos que avaliam o nível de ruídos, vibrações e calor. Com os resultados obtidos, identifica e planeja ações para eliminar os agentes nocivos à saúde dos trabalhadores. Outra questão é o controle dos resíduos da obra: após a separação dos recicláveis e orgânicos, destina-os para local credenciado pela prefeitura, prevenindo doenças no canteiro. A preocupação com a alimentação, também é um item essencial, e para manter a qualidade, contratam-se restaurantes com nutricionista, controlando-se o valor nutricional e saudável dos alimentos entregues aos trabalhadores.

Com relação à manutenção da saúde, a empresa mantém parceria com médicos e dentistas. Ressalta-se principalmente a periodicidade dos treinamentos ocorridos na obra, tais como: palestras e diálogos sobre as doenças sexualmente transmissíveis, aids, gripe, qualidade de vida, vacinação, controle de dengue, saúde auditiva, saúde respiratória, primeiros socorros, Outubro Rosa, Novembro Azul, ergonomia e ginástica laboral focada para prevenção de doenças por vibração.

PREMIAÇÕES ESPECIAIS

Trabalhador ou Trabalhadora Modelo

Mestre da obra Edson Barros Fernandes (MPD Engenharia)     
O mestre da obra do Hospital de Urgência de São Bernardo do Campo é um dos grandes orgulhos da MPD Engenharia, há mais de 30 anos. Atuante nos canteiros da empresa, Mestre Edson, ou “Véio Edson” como é carinhosamente chamado pelos colegas, hoje com 80 anos, já viu muitas situações desagradáveis, pois no início de suas atividades a produção era primordial e pouco se falava em segurança. Ao longo do tempo, percebeu que poderia mudar a postura diante da segurança do colaborador, acompanhando o crescimento da empresa, aceitando os novos desafios e a evolução tecnológica.

Hoje é um mestre que se integrou à equipe de segurança, onde batalha, cobra e incentiva as ações de segurança do trabalho, sendo participante assíduo da Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho, dos Diálogos Diários de Segurança, reuniões de produção e da Cipa, expondo sua vasta experiência ao longo desses anos. Trabalhou em grandes e importantes canteiros da MPD, entre eles Shopping Tamboré na década de 80, Quartzolit e Sesc Santo André nos anos 90, Fundação para o Remédio Popular e Shoppings Taboão e Suzano nos anos 2000, e Galpões Masa, ITA e Randon de 2010 em diante.

PERSONALIDADE DO ANO

Rubens Menin (presidente do Conselho de Administração e fundador da MRV Engenharia)
Formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais, fundou a MRV Engenharia em 1979, em Belo Horizonte (MG), e presidiu a construtora até 2014, data em que assumiu a Presidência do Conselho de Administração. À frente da sua atuação, a companhia conquistou abrangência no mercado e, hoje, é a maior construtora da América Latina. Presente em mais de 155 cidades de 22 estados brasileiros, conta com um time de 24 mil colaboradores e já contribuiu com a realização do sonho da casa própria de um milhão de pessoas. Ele também é um dos fundadores da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) e atua fortemente para o aprimoramento do processo de incorporação no Brasil.