11/7/2019 0h0
Vencedores do 6º Prêmio Seconci-SP de Saúde e Segurança do Trabalho 2019
E-mail


Categoria: Controle de Saúde no Canteiro
Região 2 – Bauru
MRV Engenharia - Parque Bela Espanha

A MRV realiza o controle da saúde com várias ações relevantes no empreendimento Parque Bela Espanha, em Bauru. Entre as iniciativas, estão campanhas de saúde e qualidade de vida, entre elas a de vacinação; uma área de vivência bem estruturada e fornecimento de alimentação de qualidade; a realização de palestras sobre prevenção de doenças e drogas; e uma escola de alfabetização e controle da saúde bucal.

Região 3 – Sorocaba
MRV Engenharia - Parque Santoro

A gestão do controle de saúde no canteiro do empreendimento Parque Santoro, da MRV, em Sorocaba, é realizada por meio de procedimentos operacionais bem definidos. Os indicadores de monitoramento de segurança, saúde e meio ambiente são feitos mensalmente, visando a melhoria contínua do trabalho, comprometimento da equipe e prevenção de doenças e riscos ocupacionais em um ambiente seguro.

Região 4 – Piracicaba
MRV Engenharia - Parque Piazza Verona

O controle da saúde integra o modelo de gestão do canteiro do empreendimento Piazza Verona, da MRV, em Piracicaba. Por meio de um cronograma de campanhas de conscientização, os colaboradores são orientados sobre tabagismo, alcoolismo, drogas, alimentação saudável e sedentarismo. Exames clínicos, ginástica laboral e atendimento de primeiros socorros fazem parte da rotina de gestão.

Região 4 – Campinas
Tegra Incorporadora - La Vie Swiss Park

A Tegra Incorporadora investiu nas instalações das áreas de vivência e controles de alojamento na obra do empreendimento La Vie Swiss Park, em Campinas. Também implementou o programa ‘Como Você Está Hoje’, para o trabalhador aferir diariamente seu estado físico, emocional e sua satisfação com as instalações, minimizando erros devido à fadiga e a problemas físicos e psíquicos.Região 7 – São Paulo
Racional - R589

Na obra R589, em São Paulo, a Racional analisa e controla as documentações de saúde das subcontratadas e faz a gestão dessa área, identificando as necessidades como consultas, exames, vacinação, controle de pressão arterial, mapeamento de hipertensos, obesos e diabéticos. A companhia realiza também o ‘Diálogo Semanal de Saúde e Semana da Saúde’, além de campanhas como as de ‘Valorização e Qualidade de Vida’, ‘Liderança Servidora’, ‘Avaliação Ergonômica’ e ‘Código Laranja’ (atendimento emergencial). A Racional analisa ainda o índice de absenteísmo e controla a sinistralidade, atingindo nota máxima em todas as auditorias externas de saúde ocupacional realizadas.

Categoria: Controle de Perigos e Riscos no Canteiro

Região 1 – Ribeirão Preto
TAP Construtora - Varanda Botânico

A TAP Construtora implementou na obra do empreendimento Varanda Botânico, em Ribeirão Preto, os sistemas ‘piso a piso’ e ‘limitador para queda de altura’, além de um novo sistema construtivo. Juntos, eles reduzem o risco no trabalho em altura, principalmente nas atividades de elétrica e hidráulica. Os serviços são realizados abaixo da laje, e não por cima, e as equipes que os executam logo após a estrutura também aproveitam os benefícios.

Região 2 – Presidente Prudente
MRV Engenharia - Parque Príncipe de Malta

Certificada com a OHSAS 18.001, a obra do Parque Príncipe de Malta, da MRV, em Presidente Prudente, realiza boas práticas de segurança, como treinamentos adequados, uso de equipamentos de proteção coletiva e individual. Os profissionais de segurança do trabalho estão sempre à frente das atividades.

Região 3 – Anhembi
Construtora Ferreira Guedes - DER Anhembi

A obra DER Anhembi, da Construtora Ferreira Guedes, destaca-se pelos controles operacionais de segurança do trabalho na movimentação e içamento de cargas, atividade em altura, espaço confinado, liberação de andaimes, check list de máquinas e equipamentos e instalações, entre outros. Uma das inovações implementadas foi a Patrulha de Segurança do Trabalho, que visa criar uma rotina para inspecionar, identificar, minimizar e eliminar potenciais riscos de incidentes. As observações da patrulha não têm caráter punitivo, mas sim de orientação.

Região 4 – Campinas
Tegra Incorporadora - Grand Guanabara

A Tegra implementou processos para eliminar e controlar os riscos na obra Grand Guanabara, em Campinas. O foco é o comportamento de segurança em todos os níveis hierárquicos, começando pela capacitação e compromisso da liderança do canteiro. Seu destaque é a aplicação de ferramentas de planejamento, com definição de barreiras de controle, proteção e suporte realizadas por todos os líderes próprios e subcontratados. O objetivo é implantar a cultura de trabalho seguro e motivar os colaboradores a posturas prevencionistas frente aos riscos.
Região 7 – São Paulo
Tecnum Construtora - Edifício Comercial Alameda Santos


No canteiro da obra do Edifício Comercial Alameda Santos, da Incorporadora WZARZUR, na capital paulista, a Tecnum Construtora implantou diversas soluções no sistema de segurança. A superestrutura foi montada de forma que todos os trabalhadores estivessem protegidos, em tempo integral, pelo sistema limitador de queda de altura. Uma das dificuldades na implantação foram os pavimentos com pés-direitos duplos, de até sete metros de altura. Para complementar o sistema de segurança, foram instaladas redes de proteção certificadas. A aplicação desses sistemas foi muito importante para o êxito na execução das estruturas de concreto.

 

Região 7 – São Paulo

Tegra Incorporadora - Gabell Jardins

Para reduzir riscos na obra Gabell Jardins, em São Paulo, a Tegra realizou estudos de segurança durante a concepção do projeto, com o apoio das áreas de Planejamento, Custos, Suprimentos, Engenharia, Segurança do Trabalho e Consultores. Todas as fases da obra, desde a demolição até a assistência técnica, foram antecipadamente avaliadas no quesito segurança, com auxílio da plataforma BIM (Building Information Modeling, em português, Modelagem da Informação da Construção). Isso facilitou a visualização dos detalhes do projeto, cumprindo o objetivo de valorizar a saúde e segurança do trabalhador.

Categoria: Gerenciamento Ambiental do Entorno da Obra
Região 1 – Ribeirão Preto

MRV Engenharia - Palácio Imperial

O canteiro de obras Palácio Imperial possui a certificação ISO 14.001, que estabelece padrões na gestão de meio ambiente. Com o compromisso de melhorar a qualidade de vida da população no entorno do empreendimento, a empresa adota práticas sociais e ambientais de respeito à comunidade, gerindo recursos, reduzindo desperdícios e promovendo a consciência e a responsabilidade comum sobre o que é da comunidade.

Região 2 – São José do Rio Preto
MRV Engenharia - Parque Rio Sella

Certificado com a ISO 14.001, o canteiro de obras Parque Rio Sella, da MRV, em São José do Rio Preto, promoveu o plantio de mais de 5 mil mudas de espécies nativas e urbanizou ruas e avenidas no entorno do empreendimento. Também utiliza madeira de reflorestamento, aproveita água da chuva, reduz o consumo de energia e segrega resíduos da construção.

Região 3 – Sorocaba
Construtora Planeta - La Vista Moncayo

A Construtora Planeta desenvolveu ações para minimizar os impactos da construção do empreendimento La Vista Moncayo na vizinhança, disponibilizando um Pet Garden e uma Horta Comunitária no canteiro de obras, localizado na cidade de Sorocaba. A praça próxima ao canteiro recebeu um moderno projeto de revitalização, que será executado no decorrer da obra. Além disso, as crianças do bairro foram beneficiadas com a revitalização realizada na escola CEI 31 Victória Haddad Sayeg.

Região 4 – Campinas
Tegra Incorporadora - Sartoria Taquaral

Meses antes de iniciar a obra do empreendimento Sartoria Taquaral, em Campinas, a Tegra Incorporadora apresentou-se aos moradores do entorno, colocando-se à disposição. A empresa estruturou um programa de relacionamento com os vizinhos porta a porta, buscando identificar oportunidades de melhoria da qualidade de vida e minimizando os impactos pela execução da obra, com base em sua política de meio ambiente e sustentabilidade.

Região 5 – Santos
Trisul - Vivamar Bem-Te-Vi

Para a Trisul, acompanhar a constante evolução da construção civil é dar ênfase à sustentabilidade. Neste sentido, a construtora tem um departamento integralmente envolvido para pôr em prática ações que envolvam benefícios ao meio ambiente, com um vasto e rigoroso padrão de conferência in loco, mantendo-se constantemente atenta às variações e inovações do mercado e às tecnologias. No empreendimento Vivamar Bem-Te-Vi, a Trisul teve como foco a aproximação com os vizinhos, cuidados com os pedestres e, na gestão de resíduos de toda a cadeia, a adoção da logística reversa, oferecendo ótimas condições na entrega de materiais. A excelência na gestão de água e energia é fundamental nos processos da empresa.

Região 6 – Taubaté
MRV Engenharia - Parque Tenório

A MRV promoveu uma boa convivência com a vizinhança por meio do diálogo e sustentabilidade, no entorno da obra Parque Tenório, em Taubaté. O gerenciamento ambiental contempla o plantio de mudas de espécies nativas e a urbanização de ruas e acessos na vizinhança do empreendimento.

Região 7 – São Paulo
EVEN - Altto Vila Madalena / Hub Vila Madalena

O sistema de gestão da Even abrange diretrizes ambientais e de segurança do trabalho para a vizinhança do empreendimento Altto Vila Madalena / Hub Vila Madalena, na capital paulista. Práticas como ação vizinho, logística reversa dos resíduos, indicadores para redução do consumo dos recursos naturais e projetos focados na segurança de todos os envolvidos fazem parte da busca pela mais alta qualidade de construção.

Premiações Especiais
Trabalhador ou Trabalhadora Modelo

Pintor João Carvalho Azevedo (Construtora Prohidro)

João Carvalho Azevedo é colaborador da Construtora Prohidro desde 2011 e está na função de pintor desde 2018, preparando as superfícies que receberão pintura externa ou interna nas obras. Ele também faz parte da CIPA da empresa, atuando preventivamente com o intuito de zelar pela saúde e segurança dos colegas, orientando sobre a utilização correta de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e agindo para minimizar os riscos no ambiente de trabalho.

Mestre de obras Edimario Laureano Bernardo (Cury Construtora)
Edimario Laureano Bernardo é mestre de obras na Cury Construtora desde 2013. Responsável pela fiscalização das etapas da obra, atua junto com a segurança do trabalho, auxiliando e realizando orientações e treinamentos. Acompanha a liberação de serviços, a instalação de linhas de vida, os treinamentos de utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e os manuseios com equipamentos, tais como ferramentas manuais. É um profissional que filtra os problemas, antecipando-se aos riscos de cada atividade.

Personalidade do Ano
Engenheiro Antonio Pereira do Nascimento

Engenheiro metalurgista formado pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e engenheiro de Segurança do Trabalho pela Faculdade de Engenharia São Paulo (FESP). Mestre em Segurança e Saúde do Trabalhador pela Fundacentro, Antonio tem especialização em Administração da Produção pela Fundação Getúlio Vargas, Ergonomia dos Sistemas de Produção pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP) e Gestão Ambiental pela Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp. Professor da Pós-Graduação da Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), Oswaldo Cruz e da Universidade Paulista (UNIP). Trabalha como auditor fiscal do trabalho, desde 1984, e é coordenador do Programa Estadual da Construção e Elétrica da Superintendência Regional do Trabalho do Estado de São Paulo.