4/20/2021 0h0
Seconci-SP capacitou-se para oferecer ensino a distância
E-mail

Essa modalidade de ensino aprendizagem teve início em 2017 e hoje conta com 35 cursos

 Seconci-SP (Serviço Social da Construção) ingressou na modalidade de Ensino a Distância (EaD), em 2017, quando foi contratada uma consultoria para subsidiar a escolha da melhor plataforma, que atendesse suas demandas no âmbito corporativo. A dra. Norma Araujo, superintendente do Iepac (Instituto de Ensino e Pesquisa Armênio Crestana) do Seconci-SP, departamento responsável pela coordenação de todo esse trabalho, explica que a alta direção escolheu como curso inaugural o treinamento do Código de Conduta da entidade, lançado em agosto de 2017.

“Este é um curso obrigatório e contínuo, voltado para todos os funcionários e profissionais terceirizados do Seconci-SP. Desde seu lançamento até abril de 2021, foram feitas mais de 21 mil matrículas, distribuídas em 24 turmas, com um índice de conclusão e aprovação no curso superior a 70%”, afirma a superintendente. 

 

Em agosto de 2018, teve início uma nova etapa de evolução do Ensino a Distância no Seconci-SP, com o objetivo de ampliá-lo e disseminá-lo para toda a instituição. “Constituímos uma equipe corporativa, formada pela coordenadora de Recursos Humanos da sede do Seconci-SP, o analista de Planejamento e Pesquisa do Iepac, com apoio de uma consultora em EaD, para visitar as unidades de gestão pública, administradas pelo Seconci-SP, apresentar a plataforma, conhecer as necessidades das equipes técnicas e para formação de um time local”.

 

Ao todo foram 43 visitas, em uma média de 3 a 4 por unidade. Desse escopo, fizeram parte 4 dos hospitais públicos, sob administração do Seconci-SP, em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde, os dois Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs), localizados na capital (Barradas e Bourroul), que se colocaram como multiplicadores para os outros três AMEs; os serviços de apoio do contrato de gestão com o Estado de São Paulo, e a Superintendência de Atenção à Saúde (SAS), fruto da parceria com a Prefeitura do Município de São Paulo.

“Fizemos uma imersão em EaD e treinamentos com as equipes de Educação Continuada dessas unidades, Recursos Humanos, Qualidade e com as Gerências Médicas. O resultado é que hoje o Seconci-SP dispõe de 35 cursos de Ensino a Distância e uma média anual de 6.600 colaboradores treinados via plataforma”, relata Eder Silva Siqueira, analista de Planejamento e Pesquisa do Iepac e que compôs a equipe que visitou as unidades.

Os temas são os mais diversos, como aleitamento materno, metas internacionais de segurança do paciente, prevenção de incêndio em cirurgia, protocolo de prevenção de suicídio, protocolo de sepse (conhecida popularmente como infecção generalizada), atendimento ao cliente e práticas administrativas, entre outros.

Construção de padrões

Desde julho de 2020, essa metodologia de aprendizagem foi internalizada pelo Iepac. Para isso, foram treinados 45 tutores em EaD, 34 profissionais fizeram o curso de conteudista e 25 gestores foram capacitados para operacionalizar a plataforma. “O Seconci-SP é pioneiro em treinar a própria equipe para fazer a gestão do Ensino a Distância e hoje temos conteudistas para todos os temas relacionados às atividades prestadas pela entidade”, afirma Eder.

“Agora estamos na transição para internalizar também o trabalho desenvolvido por alguns fornecedores, as chamadas fábricas de objetos de aprendizagem, utilizadas em cursos ou treinamentos mais complexos, que exigem aplicações mais sofisticadas de design educacional, fazendo o alinhamento da metodologia de ensino com a identidade visual da marca Seconci-SP. E a grande novidade para 2021 é a utilização da plataforma EaD para treinamentos voltados para o cliente externo. O Seconci-SP dispõe de tecnologia, conhecimento e profissionais capacitados para oferecer esse importante recurso de ensino aprendizagem para o mercado”, destaca a dra. Norma Araujo.