Equipes de SST

Ishikawa propõe equipes permanentes de SST

A formação de equipes permanentes de Saúde e Segurança do Trabalho nas construtoras é uma forma de implementar sistemas resilientes nessa área. É o que propõe Haruo Ishikawa, presidente do Seconci-SP, em artigo divulgado pela CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) por ocasião do Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, 28 de abril.
“Uma primeira vantagem de se investir em sistemas de SST resilientes é a formação de uma cultura disciplinada e prevencionista entre os trabalhadores, que rapidamente se adequam a novas necessidades que surjam, como a de se proteger da contaminação pelo coronavírus”, escreve o presidente do Seconci-SP.
Ishikawa argumenta que “sistemas de SST resilientes proporcionam aumento da produtividade e evitam que as empresas acabem tendo prejuízos vultosos se não implementarem esses sistemas de forma adequada”.  Clique e leia o artigo.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Relacionados

CHS celebra 3 anos

CHS celebra 3 anos sob administração do Seconci-SP e homenageia

Autismo

Autismo: o diagnóstico precoce é fundamental, alerta Seconci-SP Quanto antes