Hipertensos devem avisar sua condição ao dentista

Hipertensos devem avisar sua condição ao dentista

Pessoas com pressão alta devem informar ao dentista sua condição logo no início da consulta. A recomendação é do dr. Leandro Batista Neves, dentista do Seconci-SP.

Se tiver a informação de que o paciente tem pressão alta, o dentista poderá adotar determinados cuidados em alguns procedimentos. Também é muito importante que o paciente não deixe de tomar a medicação para controlar a pressão, recomenda o dr. Leandro.

“Da mesma forma, é importante que, antes do início da consulta, o paciente informe se tem alguma outra doença ou condição especial”, acrescenta.

O dentista explica que a pressão alta é uma doença crônica que, se não for tratada, pode levar a pessoa à morte por AVC (acidente vascular cerebral) derrame, infarto, aneurisma arterial e insuficiência renal e cardíaca.

“Silenciosa, a doença atinge cerca de 30% da população brasileira. Muitas vezes, o diagnóstico é feito quando já aparecem complicações. Por isso, quem tem alguém na família com histórico de hipertensão ou pressão alta deve procurar um médico especialista e fazer os devidos exames”, aconselha o dr. Leandro.

Vida saudável

A hipertensão ocorre quando o coração, ao bombear o sangue, exerce uma pressão contra as paredes das artérias acima do normal. Esta doença crônica não tem cura, mas a pessoa pode controlá-la e conviver com ela, prossegue o dentista.

Para tanto, além de seguir o tratamento corretamente e comparecer aos retornos médicos, o dr. Leandro recomenda:

  • Meça sua pressão arterial regularmente e se ela se situar acima de 140 por 90 mmHg, procure o médico.
  • Reduza a quantidade de sal ingerida a, no máximo, uma colher de chá por dia (5g), porque o sódio presente no sal retém maior quantidade de líquido e isso aumenta o volume de fluidos nos vasos sanguíneos. Evite alimentos industrializados que já têm grande quantidade de sal e siga uma dieta balanceada.
  • Diminua o estresse que causa perigosos picos de hipertensão. Mantenha um equilíbrio emocional e físico, relaxando quando chegar em casa, e durma de seis a oito horas por dia, sem interrupções.
  • Pare de fumar, porque o tabagismo aumenta a pressão já no primeiro cigarro. Não hesite em procurar ajuda do médico para tanto.
  • Perca peso e faça atividades físicas sob orientação médica, pois os exercícios dilatam e relaxam os vasos sanguíneos, normalmente contraídos ou estreitados nos hipertensos. Uma simples caminhada diária de cerca de 30 ou 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial por cerca de 24 horas.
  • Diminua significativamente o consumo de bebidas alcoólicas e café, pois elevam a pressão arterial e em excesso fazem mal à saúde.

 

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

Relacionados