Seconci-SP, Senai e MRV formam mulheres para o pós-obra

O Seconci-SP, a Escola Senai “Roberto Mange” e a MRV Engenharia iniciaram em 7 de novembro, em Campinas, o curso “Elas transformam a construção”, destinado à formação de mulheres para trabalharem na assistência técnica posterior à entrega das obras.

Das 47 mulheres que se inscreveram, as 16 selecionadas assistiram à aula inaugural no Senai Campinas. Everson Capobianco, diretor da Escola Senai, comentou que “a construção civil, sem dúvida, é um mercado forte no Brasil. Nosso objetivo é incentivar as mulheres a fazerem parte do Senai e da indústria da construção. Serão 100 horas de curso e esperamos colher resultados positivos, para que possamos expandir este curso para outras regiões do Estado de São Paulo e do país.”

Também participaram do evento Victor Maurício, coordenador de Relacionamento com a Indústria do Senai-Campinas; Daiane Amaral, gestora do Projeto da MRV Engenharia, e Guiomar De Marco, coordenadora Corporativa da MRV Engenharia.

Daiani Carlete Lamon, gerente da Regional Campinas do Seconci-SP, fez uma apresentação sobre a entidade e os serviços oferecidos em Campinas. Liliane Martins Hirata, enfermeira da Regional, ministrou palestras sobre prevenção do câncer de mama e sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis e HIV/Aids.

Todas as participantes passaram por exames preventivos, realizados pela equipe de Enfermagem do Seconci-SP: glicemia, pressão arterial e acuidade visual.

O curso, totalmente gratuito visa gerar desenvolvimento econômico sustentável para as comunidades e renda para as famílias, no Brasil onde 40% dos lares são chefiados por mulheres. No Rio Grande do Sul, o curso formou mais de 100 mulheres em 2018.

Na MRV, 3% dos funcionários que trabalham no pós-obra são mulheres. A meta da empresa é este percentual chegar a 40%, no prazo de 2 anos.

Confira o vídeo:

Compartilhe

Relacionados